Fundada em 19 de Novembro de 2004.
Vinculada ao Grande Oriente do Brasil no Rio de Janeiro - GOB-RJ.
Sede provisória à Avenida Marechal Floriano nº199, 13ºandar - Centro - Rio de Janeiro - RJ - Brasil - CEP 20080-005
CNPJ 13.561.223/0001/70
e-mail amaclerj@gmail.com







Para visualizar a letra, por favor, clique na figura.

Para visualizar a letra, por favor, clique na figura.
Letra Acad. Elvandro Burity - Música Acadêmicos Alceu Reis e João Eudes da Silva.

AMACLERJ é verbete na Wikipédia - enciclopédia livre.

AMACLERJ é verbete na Wikipédia - enciclopédia livre.
Para visualizar, por favor, clique na figura.
BIÊNIO 2015/2017

DIRETORIA EXECUTIVA
Presidente - Acad. Eduardo Gomes de Souza
Vice-Presidente - Acad. Paulo Cesar Souza da Cruz
1º Secretário - Acad. Marcos Aurélio Ferreira de Souza
2º Secretario- Acad. Eurípedes Mattos da Silva
Tesoureiro - Acad. Walnir Lima Almeida

CONSELHO DE ADMINISTRAÇÃO
Acad. Ademilton Madureira Lima
Acad. Alceu Almeida Reis




Cadeira 01 - Patrono Alcindo Guanabara
Acad. Ademilton Madureira Lima

Cadeira 02 - Patrono Alfredo D'Escragnolle Taunay - Visconde de Tunay
Acad.João Eudes Fernandes

Cadeira 03 - Patrono Amadeu Ataliba Arruda Amaral Leite Penteado
Acad. Herculano Barbosa

Cadeira 04 - Patrono Américo Campos
Acad. Ariovaldo Santana da Rocha

Cadeira 05 - Patrono Antonio Carlos Gomes
Acad. Alceu de Almeida Reis

Cadeira 06 - Patrono Antonio Frederico de Castro Alves
Acad. José Carlos Martinho

Cadeira 07 - Patrono Antonio Peregrino Maciel Monteiro - Barão de Itamaracá

Cadeira 08 -Patrono Antonio Vicente Felippe Celestino
Acad. Vicente Paulo Azevedo

Cadeira 09 - Patrono Arthur Silveira da Mota - Barão de Jaceguai
Acad. Paulo Cezar Souza da Cruz

Cadeira 10 - Patrono Benedito Pinheiro Machado Tolosa

Cadeira 11 - Patrono Benjamin Constant Botelho de Magalhães

Cadeira 12 - Patrono Candido José de Araújo Vianna -Marquês de Sapucaí

Cadeira 13 - Patrono Casimiro José Marques de Abreu

Cadeira 14 - Patrono Evaristo Ferreira da Veiga e Barros
Acad. Marcos Aurelio Ferreira de Souza

Cadeira 15 - Patrono Francisco Rangel Pestana

Cadeira 16 - Patrono Hipólito José da Costa
Acad. Eduardo Gomes de Souza

Cadeira 17 - Patrono João Caetano
Acad. Helson Luis Simas de Lemos

Cadeira 18 - Patrono Joaquim Gonçalves Ledo
Acad. Celso Luiz Rocha Serra

Cadeira 19- Patrono Joaquim Aurélio Barrero Nabuco de Araújo

Cadeira 20 - Patrono Joaquim Inácio Ramalho - Barão de Ramalho
Acad. Carmelino Souza Vieira

Cadeira 21 - Patrono Joaquim Saldanha Marinho
Acad. Walnir Lima Almeida

Cadeira 22 - Patrono José Bonifácio de Andrade e Silva
Acad. Gilberto Jorge Cruz Araujo

Cadeira 23 - Patrono José Clemente Pereira
Acad. Aildo Virginio Carolino

Cadeira 24 - Patrono José de Souza Marques
Acad. Ubirajara Gouvea Almeida

Cadeira 25 - Patrono José Carlos do Patrocínio
Acad. Roberto Pumar Silveira

Cadeira 26 - Patrono José Maria da Silva Paranhos Junior - Barão do Rio Branco

Cadeira 27 - Patrono Manuel Arruda da Câmara
Acad. Eurípedes de Mattos da Silva

Cadeira 28 - Patrono Pedro de Alcântara Francisco Antonio João Carlos Xavier de Paula Miguel Rafael Joaquim José Gonzaga Pascoal Serafim de Bragança e Bourbon - D. Pedro I
Acad. Matheus Casado Martins

Cadeira 29 - Patrono Quintino Antonio Ferreira de Souza Bocaiúva
Acad. Dirceu Gonçalves Lima

Cadeira 30 - Patrono Rui Barbosa
Acad. Paulo Gomes dos Santos Filho

Cadeira 31 - Patrono Tristão de Alencar Araripe Junior
Acad. Edimo Muniz Pinho

Cadeira 32 - Patrono Urbano Duarte de Oliveira
Acad. Carlos Roberto Alves

Cadeira 33 - Patrono Washington Luis Pereira de Souza



- Quadro "O APRENDIZ" - Renato Bordini (#)
- Quadro "SANTOS DUMONT" - Nequitz Miguel (#)
- Quadro "O SONHO DO APRENDIZ" - Ubirajara Gouvêa
- Quadro "MARECHAL FLORIANO" - Ubirajara Gouvêa
- Quadro "PARATI" - Carlos Alves

(#) - Doadas ao GOB-RJ e, mais tarde, incorporadas ao acêrvo da AMACLERJ.

terça-feira, 27 de setembro de 2011

I INTERCÂMBIO CULTURAL - PALAVRAS DO PRESIDENTE DA AMACLERJ...

Palavras finais proferidas pelo Presidente da AMACLERJ

Acad. Carlos Roberto Ales
por ocasião do I Intercâmbio Cultural AMACLERJ – ALB-Mariana - 24.09.2011
Boa tarde!
Nosso cumprimento especial a Presidente desta laboriosa Academia, Acad. Andreia Donadon Leal e aos Respeitáveis Membros, meus Ilustres Acadêmicos que hoje com suas luzes irradiam este Plenário, Meus queridos confrades, Digníssimas Senhoras e Senhores convidados.
Hoje estamos tendo a oportunidade de concretizar um Sonho.
Sonho este que vem materializar na oportunidade em participar de um projeto através do qual buscamos elevar o nível Cultural em nossa Pátria.
Este intercâmbio hoje se solidifica entre nossas Academias, um dos anseios da AMACLERJ, desde sua Fundação, que tenho a honra de ocupar a Presidência.
Nossa expectativa é alcançarmos os objetivos primordiais, no que diz respeito à Cultura e Educação. É elevarmos a grande importância na busca do conhecimento Geral de nossa gente, bastando para tal, continuarmos a perseverar este movimento cultural: - Um belo nesta
Casa de Cultura – São jovens integrantes da Academia Infanto-Juvenil de Letras de Mariana.
Embora lembremos com certa tristeza o quanto não tem sido realizado o investimento na qualidade do ensino em nosso País.
A Cultura e a Educação têm sido infelizmente, relegadas a um plano inferior, dentro do contexto em que nossos dirigentes, cujos esforços são bem ínfimos, não condizentes o suficiente, comparado aos Projetos Governamentais para o progresso e o engrandecimento desta Nação.
Recentemente o ENEM (Exame Nacional do Ensino Médio), órgão responsável pela avaliação dos estudantes, apresentou um resultado de nível de escolaridade abaixo do desejável. Numa marcante demonstração de quando os jovens, em sua maioria, não possuem qualidades suficientes para o aproveitamento em cursos de nível superior.
Senhoras e Senhores, desde há muito tempo observamos que a qualidade de Ensino vem se deteriorando, principalmente na área pública, onde os dirigentes máximos deste País deveriam mais se preocupar.
Poderemos alegar que o advento a Informática, proporciona a todos maior acesso do conhecimento.
Reconhecemos sua importância no contexto do Progresso de uma Nação, automatizando as ações e virtudes básicas, inerentes ao ser humano.
Vejam meus Amigos e Amigas!
A Informatização estabeleceu novos parâmetros no comportamento humano, quando busca soluções mais racionais nas suas atividades cotidianas, hoje percebemos que o poder criativo encontra-se entre os especialistas desta área.
Reconhecemos a sua eficácia, todavia carece-lhe a sublime candura nata presente nas obras dos Poetas, Escritores e Artistas Plásticos.
Quanta saudade daquelas apresentações outrora nas Praças Públicas, Salões de Artes, Saraus Musicais e Poéticos, quando se ouviam os sons de suas Canções e Poemas.
Ainda bem que estes Artistas todos comprometidos com a pureza da linguagem permanecem vivos no circulo  Acadêmico Nacional.
Aproveitamos esta bela Cidade, onde viveu ALFHONSUS DE GUIMARÃES, cantando-a  em versos e prosas que, em sua homenagem seus Hino escreveu.
Berço do Movimento Aldravista, com seus expoentes Andreia Donadon Leal, José Benedito Donandon, Gabriel Bicalho e José Sebastião Ferreira.
Pedimos desculpas a esses Poetas, arriscando-nos nesta Sublime Arte
Mariana
linda
mulher
da
realiza
surgiu
Vamos prosseguir, vamos lutar, vamos empregar todos mecanismos possíveis voltados ao engrandecimento da Cultura Nacional.
Muito obrigado.