Fundada em 19 de Novembro de 2004.
Vinculada ao Grande Oriente do Brasil no Rio de Janeiro - GOB-RJ.
Sede provisória à Avenida Marechal Floriano nº199, 13ºandar - Centro - Rio de Janeiro - RJ - Brasil - CEP 20080-005
CNPJ 13.561.223/0001/70
e-mail amaclerj@gmail.com







Para visualizar a letra, por favor, clique na figura.

Para visualizar a letra, por favor, clique na figura.
Letra Acad. Elvandro Burity - Música Acadêmicos Alceu Reis e João Eudes da Silva.

AMACLERJ é verbete na Wikipédia - enciclopédia livre.

AMACLERJ é verbete na Wikipédia - enciclopédia livre.
Para visualizar, por favor, clique na figura.
BIÊNIO 2015/2017

DIRETORIA EXECUTIVA
Presidente - Acad. Eduardo Gomes de Souza
Vice-Presidente - Acad. Paulo Cesar Souza da Cruz
1º Secretário - Acad. Marcos Aurélio Ferreira de Souza
2º Secretario- Acad. Eurípedes Mattos da Silva
Tesoureiro - Acad. Walnir Lima Almeida

CONSELHO DE ADMINISTRAÇÃO
Acad. Ademilton Madureira Lima
Acad. Alceu Almeida Reis




Cadeira 01 - Patrono Alcindo Guanabara
Acad. Ademilton Madureira Lima

Cadeira 02 - Patrono Alfredo D'Escragnolle Taunay - Visconde de Tunay
Acad.João Eudes Fernandes

Cadeira 03 - Patrono Amadeu Ataliba Arruda Amaral Leite Penteado
Acad. Herculano Barbosa

Cadeira 04 - Patrono Américo Campos
Acad. Ariovaldo Santana da Rocha

Cadeira 05 - Patrono Antonio Carlos Gomes
Acad. Alceu de Almeida Reis

Cadeira 06 - Patrono Antonio Frederico de Castro Alves
Acad. José Carlos Martinho

Cadeira 07 - Patrono Antonio Peregrino Maciel Monteiro - Barão de Itamaracá

Cadeira 08 -Patrono Antonio Vicente Felippe Celestino
Acad. Vicente Paulo Azevedo

Cadeira 09 - Patrono Arthur Silveira da Mota - Barão de Jaceguai
Acad. Paulo Cezar Souza da Cruz

Cadeira 10 - Patrono Benedito Pinheiro Machado Tolosa

Cadeira 11 - Patrono Benjamin Constant Botelho de Magalhães

Cadeira 12 - Patrono Candido José de Araújo Vianna -Marquês de Sapucaí

Cadeira 13 - Patrono Casimiro José Marques de Abreu

Cadeira 14 - Patrono Evaristo Ferreira da Veiga e Barros
Acad. Marcos Aurelio Ferreira de Souza

Cadeira 15 - Patrono Francisco Rangel Pestana

Cadeira 16 - Patrono Hipólito José da Costa
Acad. Eduardo Gomes de Souza

Cadeira 17 - Patrono João Caetano
Acad. Helson Luis Simas de Lemos

Cadeira 18 - Patrono Joaquim Gonçalves Ledo
Acad. Celso Luiz Rocha Serra

Cadeira 19- Patrono Joaquim Aurélio Barrero Nabuco de Araújo

Cadeira 20 - Patrono Joaquim Inácio Ramalho - Barão de Ramalho
Acad. Carmelino Souza Vieira

Cadeira 21 - Patrono Joaquim Saldanha Marinho
Acad. Walnir Lima Almeida

Cadeira 22 - Patrono José Bonifácio de Andrade e Silva
Acad. Gilberto Jorge Cruz Araujo

Cadeira 23 - Patrono José Clemente Pereira
Acad. Aildo Virginio Carolino

Cadeira 24 - Patrono José de Souza Marques
Acad. Ubirajara Gouvea Almeida

Cadeira 25 - Patrono José Carlos do Patrocínio
Acad. Roberto Pumar Silveira

Cadeira 26 - Patrono José Maria da Silva Paranhos Junior - Barão do Rio Branco

Cadeira 27 - Patrono Manuel Arruda da Câmara
Acad. Eurípedes de Mattos da Silva

Cadeira 28 - Patrono Pedro de Alcântara Francisco Antonio João Carlos Xavier de Paula Miguel Rafael Joaquim José Gonzaga Pascoal Serafim de Bragança e Bourbon - D. Pedro I
Acad. Matheus Casado Martins

Cadeira 29 - Patrono Quintino Antonio Ferreira de Souza Bocaiúva
Acad. Dirceu Gonçalves Lima

Cadeira 30 - Patrono Rui Barbosa
Acad. Paulo Gomes dos Santos Filho

Cadeira 31 - Patrono Tristão de Alencar Araripe Junior
Acad. Edimo Muniz Pinho

Cadeira 32 - Patrono Urbano Duarte de Oliveira
Acad. Carlos Roberto Alves

Cadeira 33 - Patrono Washington Luis Pereira de Souza



- Quadro "O APRENDIZ" - Renato Bordini (#)
- Quadro "SANTOS DUMONT" - Nequitz Miguel (#)
- Quadro "O SONHO DO APRENDIZ" - Ubirajara Gouvêa
- Quadro "MARECHAL FLORIANO" - Ubirajara Gouvêa
- Quadro "PARATI" - Carlos Alves

(#) - Doadas ao GOB-RJ e, mais tarde, incorporadas ao acêrvo da AMACLERJ.

sexta-feira, 20 de julho de 2012

SESSÃO SOLENE...

Na Sessão Solene da AMACLERJ, sob a Presidência do Presidente Acad. Carlos Roberto Alves,

no dia 19 de julho, a ordem do dia foi:
1 -  Palestra do Acad.  Audalio Gomes Alves

 que abordou o tema AMAZÔNIA -O  PARTIMÔNIO BRASILEIRO BRASILEIRO NO MAR

 que terminou com a seguinte saudação:

AMAZÔNIA AZUL

Cheia de riquesas mil
estende-se do Norte ao Sul,
banhando o nosso Brasil
a nossa Amazônia Azul.

A voz do povo vibrante
ecoará de Norte a Sul
ao ver o País pujante
com sua Amazônia Azul.

Devemos  tudo explorar,
petróleo, gás, até ouro,
O que se possa imaginar
no imensurável tesouro.

Plataforma Continental,
Zona Econômica Exclusiva
Talude, Zona Abissal
o Pré-sal fonte efetiva.

A Marinha patrulhar
cruzando essa imensidão,
como guardiã do mar
cumpre a sua obrigação.

Brilha o Cruzeiro do Sul,
enfeitando o céu de anil,
destaca-se a Amazônia Azul
engrandecendo o Brasil.

2 - Homenagens a Acadêmicos. O Presidente da AMACLERJ - Acad. Carlos Roberto Alves agraciado com o Título de Membro Honorário do Instituto Brasileiro de Culturas Internacionais - InBrasCI

Ao Acad. Eduardo Gomes de Souza foi concedido o Título (Diploma) do Cercle Universel  des Ambassadeurs de la Paix

3 -  Realizada a apresentação por João Eudes Fernandes 
do 
HINO DA AMACLERJ
 (Letra de Elvandro Burity  Música de Alceu Reis e João Eudes Fernandes) 

AMACLERJ,
qual semente
plantada em solo fértil,
viceja no Oriente,
desvendando o conhecer.

Estribilho

AMACLERJ!!!  AMACLERJ!!!
Resplandece em teus umbrais:
Carlos Gomes, Castro Alves
e outros vultos imortais.


AMACLERJ,
sodalício
da nossa Maçonaria,
do livre exercício
de questionar,por que?

Estribilho

AMACLERJ!!!  AMACLERJ!!!
Resplandece em teus umbrais:
Rui Barbosa, Rio Branco
e outros vultos imortais.

AMACLERJ,
majestosa,
de louros coroada,
estrela luminosa
da cultura e do saber.

Estribilho
AMACLERJ!!! AMACLERJ!!!
Resplandece em teus umbrais:
Bonifácio, Pedro I
e outros vultos imortais.

4 - Deliberado que no dia 12 de novembro de 2012 - Sala do Conselho - Palácio do Lavradio - rua do Lavradio nº97 - com início previsto para as 16 horas, realizar-se-á  Sessão Solene de Concessão de Títulos.

5 - Após a reunião houve a tradicional  confraternização acadêmica (um ágape).