Fundada em 19 de Novembro de 2004.
Vinculada ao Grande Oriente do Brasil no Rio de Janeiro - GOB-RJ.
Sede provisória à Avenida Marechal Floriano nº199, 13ºandar - Centro - Rio de Janeiro - RJ - Brasil - CEP 20080-005
CNPJ 13.561.223/0001/70
e-mail amaclerj@gmail.com







Para visualizar a letra, por favor, clique na figura.

Para visualizar a letra, por favor, clique na figura.
Letra Acad. Elvandro Burity - Música Acadêmicos Alceu Reis e João Eudes da Silva.

AMACLERJ é verbete na Wikipédia - enciclopédia livre.

AMACLERJ é verbete na Wikipédia - enciclopédia livre.
Para visualizar, por favor, clique na figura.
BIÊNIO 2015/2017

DIRETORIA EXECUTIVA
Presidente - Acad. Eduardo Gomes de Souza
Vice-Presidente - Acad. Paulo Cesar Souza da Cruz
1º Secretário - Acad. Marcos Aurélio Ferreira de Souza
2º Secretario- Acad. Eurípedes Mattos da Silva
Tesoureiro - Acad. Walnir Lima Almeida

CONSELHO DE ADMINISTRAÇÃO
Acad. Ademilton Madureira Lima
Acad. Alceu Almeida Reis




Cadeira 01 - Patrono Alcindo Guanabara
Acad. Ademilton Madureira Lima

Cadeira 02 - Patrono Alfredo D'Escragnolle Taunay - Visconde de Tunay
Acad.João Eudes Fernandes

Cadeira 03 - Patrono Amadeu Ataliba Arruda Amaral Leite Penteado
Acad. Herculano Barbosa

Cadeira 04 - Patrono Américo Campos
Acad. Ariovaldo Santana da Rocha

Cadeira 05 - Patrono Antonio Carlos Gomes
Acad. Alceu de Almeida Reis

Cadeira 06 - Patrono Antonio Frederico de Castro Alves
Acad. José Carlos Martinho

Cadeira 07 - Patrono Antonio Peregrino Maciel Monteiro - Barão de Itamaracá

Cadeira 08 -Patrono Antonio Vicente Felippe Celestino
Acad. Vicente Paulo Azevedo

Cadeira 09 - Patrono Arthur Silveira da Mota - Barão de Jaceguai
Acad. Paulo Cezar Souza da Cruz

Cadeira 10 - Patrono Benedito Pinheiro Machado Tolosa

Cadeira 11 - Patrono Benjamin Constant Botelho de Magalhães

Cadeira 12 - Patrono Candido José de Araújo Vianna -Marquês de Sapucaí

Cadeira 13 - Patrono Casimiro José Marques de Abreu

Cadeira 14 - Patrono Evaristo Ferreira da Veiga e Barros
Acad. Marcos Aurelio Ferreira de Souza

Cadeira 15 - Patrono Francisco Rangel Pestana

Cadeira 16 - Patrono Hipólito José da Costa
Acad. Eduardo Gomes de Souza

Cadeira 17 - Patrono João Caetano
Acad. Helson Luis Simas de Lemos

Cadeira 18 - Patrono Joaquim Gonçalves Ledo
Acad. Celso Luiz Rocha Serra

Cadeira 19- Patrono Joaquim Aurélio Barrero Nabuco de Araújo

Cadeira 20 - Patrono Joaquim Inácio Ramalho - Barão de Ramalho
Acad. Carmelino Souza Vieira

Cadeira 21 - Patrono Joaquim Saldanha Marinho
Acad. Walnir Lima Almeida

Cadeira 22 - Patrono José Bonifácio de Andrade e Silva
Acad. Gilberto Jorge Cruz Araujo

Cadeira 23 - Patrono José Clemente Pereira
Acad. Aildo Virginio Carolino

Cadeira 24 - Patrono José de Souza Marques
Acad. Ubirajara Gouvea Almeida

Cadeira 25 - Patrono José Carlos do Patrocínio
Acad. Roberto Pumar Silveira

Cadeira 26 - Patrono José Maria da Silva Paranhos Junior - Barão do Rio Branco

Cadeira 27 - Patrono Manuel Arruda da Câmara
Acad. Eurípedes de Mattos da Silva

Cadeira 28 - Patrono Pedro de Alcântara Francisco Antonio João Carlos Xavier de Paula Miguel Rafael Joaquim José Gonzaga Pascoal Serafim de Bragança e Bourbon - D. Pedro I
Acad. Matheus Casado Martins

Cadeira 29 - Patrono Quintino Antonio Ferreira de Souza Bocaiúva
Acad. Dirceu Gonçalves Lima

Cadeira 30 - Patrono Rui Barbosa
Acad. Paulo Gomes dos Santos Filho

Cadeira 31 - Patrono Tristão de Alencar Araripe Junior
Acad. Edimo Muniz Pinho

Cadeira 32 - Patrono Urbano Duarte de Oliveira
Acad. Carlos Roberto Alves

Cadeira 33 - Patrono Washington Luis Pereira de Souza



- Quadro "O APRENDIZ" - Renato Bordini (#)
- Quadro "SANTOS DUMONT" - Nequitz Miguel (#)
- Quadro "O SONHO DO APRENDIZ" - Ubirajara Gouvêa
- Quadro "MARECHAL FLORIANO" - Ubirajara Gouvêa
- Quadro "PARATI" - Carlos Alves

(#) - Doadas ao GOB-RJ e, mais tarde, incorporadas ao acêrvo da AMACLERJ.

quarta-feira, 28 de novembro de 2012

ORAÇÃO DO MÚSICO

Enviada por mensagem pelo Acad. João Eudes Fernandes.



Oração do Músico


Senhor Jesus Cristo,
nós , Teus servos,
 somos notas diferentes na mesma pauta do Reino de Deus.
 Nós Te louvamos por este tempo de pausa, de silêncio.

 
Lembramos que a quietude de Tua mãe, Maria, permitiu que ela respondesse: sim!
E a Canção se fez gente,
 e habitou no meio de nós (Jo 1,14).
 

 Temos timbres diferentes e exatamente por isso podemos cantar a trinitária harmonia dos acordes da Fé, da Esperança e do Amor.

   Que possamos unir nossas diferenças para que a canção seja mais santa e mais bela. Sabemos que na vida existem acidentes, mas não nos deixeis cair na desafinação.

Que possamos ouvir a voz uns dos outros, seguindo as Tuas orientações e movimentos, nosso Maestro Maior!

Alerta-nos para que saibamos obedecer os sinais de expressão: desde o pianíssimo e oculto serviço da composição, até a fortíssima visibilidade de nossa canção no mundo.

Acima de tudo nós Te pedimos: lembra-nos que a clave é quem dá nome, altura e significado de tudo o que cantamos.

E a nossa clave és Tu, Sol Nascente, Luz do Alto, que veio nos ensinar a profetizar pela canção, com os olhos para o alto e os pés firmes no chão.

De todas as verdades és o Supremo Cantor.

  Senhor Jesus, nossa boca cantará o ritmo do Teu Coração.

      Unidos cantaremos a Tua eterna canção de Amor.
 

 Amém!
 
 
 

UMA DAS EXPLICAÇÕES PARA CECÍLIA SER

 CONSIDERADA PADROEIRA DA MÚSICA

É A POSIÇÃO DE SEUS DEDOS:

                      OS DEDOS QUE TOCAM PIANO E DEDILHAM A HARPA.                     

 SEGUNDO ALGUMAS LENDAS,

ELA MORREU ASSIM PARA AFIRMAR SUA CRENÇA

                             NAS TRÊS PESSOAS DIVINAS EM UM SÓ DEUS:

                                       1 DEDO NUMA MÃO E 3 EM OUTRA.